Como desenvolver equipes de alto desempenho

Imagine a seguinte situação: uma atividade de educação corporativa foi realizada na empresa para solucionar um desafio interno. Mas, pouco tempo depois a área de Treinamento & Desenvolvimento começa a receber queixas de que o problema continua a acontecer. Diante deste cenário, você consegue me dizer o motivo para a falta de assertividade nesta solução de aprendizagem? Uma dica é que não se trata de um equívoco durante a construção dela e sim da ausência de um acompanhamento no pós-treinamento.

Neste contexto, a consultoria digital 6D Global identificou que apenas 16% dos colaboradores ao redor do mundo colocam em prática os conteúdos aprendidos em ações de T&D – o que impacta de forma direta (e negativa) nos resultados do negócio. Afinal, o desempenho do capital humano é o elemento fundamental no momento de destacar a organização em um mercado movido a constantes transformações.

De acordo com Flora Alves, CLO da SG – Aprendizagem Corporativa, um caminho para fugir de um possível re-trabalho e desenvolver equipes de alto desempenho é elaborar uma estratégia de suporte à performance. “Existe uma lacuna entre absorver os conteúdos transmitidos em atividades de educação corporativa e aplicá-los no ambiente de trabalho que deve ser preenchida com ações de suporte à performance. Além de aumentar a segurança do funcionário para implementar os novos conhecimentos, a iniciativa também evita ruídos de informações e por consequência assegura a eficiência do treinamento”, afirma.

Ponto de partida

Quando se leva o suporte à performance em consideração, o primeiro passo a ser feito é uma mudança de mindset. Ou seja, ao construir uma solução de aprendizagem é necessário que o designer instrucional planeje as etapas de início, meio e fim. Em seguida, o ideal é observar a necessidade atual da audiência e oferecer atividades para supri-las da melhor maneira. Por exemplo, a iniciativa pode ser realizada presencialmente ou à distância de um jeito tradicional ou inovador. Este fator depende do público-alvo.

Por fim, abra um espaço na agenda para a mensuração de resultados. Esta etapa de avaliar o Retorno sobre investimento (ROI) precisa ocorrer com uma certa frequência com o objetivo de reforçar a avaliação do índice de efetividade do treinamento realizado.  

O que achou da sugestão? Para mais informações, acesse: http://www.learningsg.com!

Leave a Reply


Agenda #EscolaVivaSG