ATD 2018: Barack Obama alerta sobre a importância de desenvolver uma cultura positiva

Na visão da SG – Aprendizagem Corporativa Desenhada Sob Medida, a ATD International Conference & Exposition é uma oportunidade de investir em pesquisa, formação e conhecimento das práticas do mercado internacional de Treinamento & Desenvolvimento de colaboradores a fim de trazer ainda mais inovação para as soluções e por consequência aos clientes que as utilizam.  Este pensamento foi o responsável pela participação da empresa na edição de 2018 que aconteceu de 6 a 9 de maio em San Diego, nos Estados Unidos. O congresso realmente representa uma valiosa troca de experiência global, sendo que neste ano cerca de 70 países estiveram presentes.

O ponto alto da ATD ocorreu no segundo dia de evento ao longo da abertura geral na qual o 44º presidente dos Estados Unidos Barack Obama discorreu sobre a importância de agregar valor ao próximo.  “À medida que envelheço passo a aumentar o meu apreço por valores antiquados e caseiros ensinados por minha mãe e avôs”, afirmou. A mensagem transmitida na introdução da palestra foi a de que qualidades simples como gentileza, honestidade, utilidade e respeito ao outro são capazes de levar uma pessoa longe.

Ao veicular a ideia com o trabalho realizado pelos profissionais da área de T&D, Obama revelou a suspeita de que os momentos mais gratificantes da profissão não são simplesmente a construção de um treinamento para um desafio específico, pois a gratificação maior está em treinar o funcionário para destacá-lo no ambiente de trabalho.

De acordo com o ex-presidente, para alcançar este objetivo é necessário desenvolver uma cultura positiva na companhia. “Você precisa assumir a responsabilidade de garantir um local corporativo de respeito entre os colaboradores”. Obama também enfatizou a urgência de incentivar o protagonismo das mulheres e da comunidade LGBTQ. Afinal, “Todos nós temos a responsabilidade de tornar o mundo um lugar melhor”, pondera.

Outra temática de repercussão no Congresso foi a integração de novos colaboradores. A roda de conversa intermediada pela gerente de projetos do departamento de educação da American Society of Training & Development (ASTD) Shana Campbell e pelo gerente de Design Instrucional da Association for Talent Development (ATD) Jason Sturges, alertou que um processo de integração ruim pode levar o colaborador a desejar sair da empresa em uma semana. Para os especialistas, o mundo ideal seria integrar o funcionário por um ano. Neste contexto, o acompanhamento e o contato direto ao longo do período fazem a diferença.

Enquanto Shana e Sturges abordaram a necessidade de se estar atento ao formato de integração de pessoas, a desenvolvedora de liderança e design de aprendizagem com foco em inovação Debra France, falou sobre futuro. Segundo a especialista, 75% da força de trabalho global será formada por millennials até 2025.  Dessa maneira, é fundamental a preparação para lidar com este perfil. As características da geração são o desejo de autonomia, novidade e propósito. Os trabalhadores futuristas também estão propensos a realizar uma tarefa por vez.

Além da realidade próxima da força de trabalho, os profissionais precisam ter o conhecimento das últimas tecnologias, pois os seres humanos ficarão com as demandas que os robôs não conseguem fazer. Entre elas estão as atividades que exigem autonomia, criatividade e senso crítico. É por este motivo que os sistemas educacionais norte-americanos estão investindo em artes e teatro a fim de ajudar a construção do pensamento criativo.

Por fim, a ATD revelou uma pesquisa importante sobre o movimento do processo de aprendizagem. A tendência daqui dois anos cresça o uso de soluções personalizadas e adequadas as preferências do aprendiz. O norte que guia a mudança é o fato de que uma aprendizagem efetiva não apresenta o tamanho de todos.

O que você achou das novidades da ATD 2018? Compartilhe sua opinião com a gente nos comentários!

Leave a Reply


Agenda #EscolaVivaSG